sexta-feira, abril 15, 2011

Dicas de Segurança de Alimentos

   Garantir a qualidade dos alimentos e principalmente livre de microrganismos através da higiene, cocção e armazenamento adequados é de extrema importância para nossa saúde. Hoje em dia,  devido a alta tecnologia e a preocupação com a saúde, mais se tem feito a fim de garantir a segurança dos alimentos, desde a fazenda, indústria e até supermercados, mas é claro, não é todo seguimento que tem essa visão, portanto, a fim de garantir qualidade para nossa família é importante que adotemos algumas práticas para se evitar doenças ou intoxicações alimentares através dos microorganismos.


    1.Cuidados na hora da compra:
  • Sempre observar a data de fabricação e validade do produto;     
  • Dar preferência por alimentos da estação, no caso dos vegetais, devido a quantidade de defensivos que é maior em alimentos fora da época;
  • Observar a higiene de açougues e frigoríficos, se os funcionários estão devidamente uniformizados (máscaras, luvas, toucas);
  • Não comprar se estiver com a embalagem estufada, enferrujada, amassada ou com indício de vazamento, no caso das de vidro se  o líquido estiver turvo ou com espuma. As de congelados devem estar firmes, secas, sem presença de gelo na superfície. Água no interior ou bolha nos produtos embalados a vácuo, no caso das carnes, a presença de sangue  são sinais que o produto foi descongelado;
  • Colocar os perecíveis por último no carrinho, principalmente os resfriados e congelados ;
  • Observas os freezeres, a quantidade não deve ultrapassar as paredes, os termômetros tem de estar visíveis com temperatura entre 0ºC e 10ºC (resfriado) e -18ºC (congelado);  
  • Água na região de freezer ou na parte superior dos balcões é indício de que a temperatura não é adequada.   

     2. Armazenamento:

  • 1 e 2: Parte mais fria da geladeira para alimentos crus como, carnes e ovos. Preferencialmente, retirar as gorduras das carnes  para se evitar o ranço;
  • 3 e 4: Alimento prontos e/ou sobras devem ser colocadas em recipientes plásticos, com tampas herméticas ou sacos plásticos transparentes;

  • 5 e 6: As frutas e legumes devem ser armazenados na parte inferior da geladeira pois são regiões menos frias. Mantenha frutas e vegetais suscetíveis a secar rápido em sacos plásticos perfurados ou não selados para manter um ambiente úmido e ainda permitir que o ar circule; 
  • 7 : Na porta o ideal é que fiquem os lácteos, condimentos preparados e enlatados de consumo rápido;

      Além disso é importante também: 
  • Garantir boa refrigeração da geladeira, deixar espaços entre os produtos para que facilite a circulação do frio;

  • Produtos de fabricação antiga deve ficar posicionado a ser consumido primeiro; 

  • Enlatados, cereais e grãos guardados em local limpo, seco e em temperatura ambiente. As latas, potes e garrafas devem ser lavadas e enxutas antes de guardá-las.

     3. Congelamento:

  • 8: Conservar carnes cruas no refrigerados em suas embalagens originais ou em plásticos com quantidades que serão consumidas de cada vez;
  • Observar o tempo de duração de alguns tipos de carnes no freezer:
          Vermelha = até 8 meses
          Frango fresco e peixe magro = até 6 meses
          Peixe gordo e camarão = 3 meses
          Frango congelado = 2 meses 
  •  Alimentos preparados, devem ser armazenados em potes limpos, seu tempo de duração é menor.

     4. Higiene e manipulação:
  • Descongelar os alimentos na geladeira com 24 horas antes da preparação;
  • Evitar o contato entre alimentos crus e cozidos, por meio de utensílios, armazenamento ou manipulação;
  • Higienizar os vegetais que serão consumidos crus em solução por 20 min ( 1 col de sopa de água sanitária para cada litro de água) e enxaguar;
  • Lavar as mãos adequadamente e frequentemente durante e nas interrupções da manipulação dos alimentos;
  • Utensílios e equipamentos para a manipulação devem estar limpos;
  •  Dê preferência a utensílios mais resistentes como aço inox ou polietileno, utensílios como madeira são mais porosos sendo porta de entrada para microrganismos e de difícil limpeza;
  • Alimentos depois de prontos, devem ser imediatamente acondicionado em potes e armazenados na geladeira, se expostos em temperaturas ambientes, estão propícios ao crescimentos de microrganismos.






Fonte:
MASCHIETTO, L.W. Alimentação e Saúde de A a Z. Organização e Controle de Almoxarifado, SESC São Paulo. Editorial Sol 90, 2005.

PEREIRA, L.; PINHEIRO, A.N.; Silva, G.C. Alimentos Seguros - Higiene e controles em cozinhas e ambientes de manipulação. Senac Nacional., 2010.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...